arquivos-diversos2

Life Behavior ║ por Roberto Sena: LB entrevista: Fernanda Capuano, estudante de Publicidade e Propaganda

7.2.11

LB entrevista: Fernanda Capuano, estudante de Publicidade e Propaganda



Nome, idade e onde vive:
Fernanda Capuano, 21 anos, São Paulo/ SP - Brasil.

Um pouco sobre você:
Publicitária, ariana, vegetariana, yogi e modelo.

O que faz atualmente e projetos para o futuro:
Me formo esse ano em Publicidade e Propaganda, e pretendo continuar trabalhando na área que é a minha paixão. Não gosto muito de planejar meu futuro, mas pretendo fazer uma pós-graduação em comunicação social, quem sabe no seguimento de moda.

Motivo por estar envolvida com moda:
Entrei nesse ramo desde os 15 anos, quando comecei a modelar. Já na faculdade comecei a ver a moda com outros olhos: como sendo uma forma de comunicação com o mundo exterior, uma expressão do universo interno de todo o ser humano. O vestuário define seu humor, é carregado de traços da personalidade. Dizem que é a nossa alma que escolhe as roupas antes de sairmos de casa rs...

Grife e estilista que admira:
A grife francesa Balmain e a estilista brasileira Cris Barros.

Peça de vestuário favorito:
T-shirt malhada com calça jeans para o dia-a-dia e “aquele” vestido para a noite.

Blog que indica para visitação e motivo:
Adoro o blog da Petit (www.juliapetit.com.br) que sempre traz os melhores lançamentos de produtos de moda e beleza, fotos de desfiles nacionais e internacionais, além de vídeos caseiros em que ela mesma ensina a fazer maquiagens incríveis.

Hobby nas horas vagas:
Meditação e Hatha Yoga.

O que considera inadmissível em um look:
Ostentação, pecar pelo exagero.

O que considera essencial para vestir-se bem:
Invisto na qualidade, independente de estar no auge da moda. Também sigo algumas regrinhas que não deixam ninguém errar na produção: a primeira é não violar seu estilo pessoal, há coisa pior do que perceber que uma pessoa está desconfortável, fingindo ser alguém que não é? Segunda, respeitar suas proporções, por exemplo botas longas não ficam bem nas mais baixinhas pois achatam a silhueta, sorry. Terceira e última, deve-se levar em conta o dresscode de alguns lugares.

Considerações gerais:
Uma boa dica é misturar uma peça básica, com outras super elaboradas, o chamado hi-lo.