arquivos-diversos2

Life Behavior: LB entrevista: Nicole Baldwin, psicóloga por formação, DJ e empresária de moda

9.2.11

LB entrevista: Nicole Baldwin, psicóloga por formação, DJ e empresária de moda




Nome, idade e onde vive:
Nicole Baldwin, 26 anos, Porto Alegre /Rio Grande do Sul / Brasil.

Um pouco sobre você:
Sou psicóloga por formação, DJ e empresária de moda por opção.

O que faz atualmente e projetos para o futuro:
Há três anos toco profissionalmente como DJ e tenho uma loja de moda feminina em Porto Alegre, cidade onde moro. Meus projetos profissionais são sempre mutáveis, hoje quero uma coisa, amanhã já não sei.

Motivo por estar envolvida com moda:
Sempre gostei muito de moda e sempre me interessei muito pelo assunto, após começar a tocar como DJ notava que as pessoas sempre queriam saber onde eu comprava minhas roupas e como montava meus looks, então resolvi abrir a minha própria loja. Além disso, sempre achei que moda e música caminham juntas, então vi uma grande oportunidade para linkar as coisas.

Nome do seu blog e que tema aborda especificamente:
'Verve Vintage Boutique' - Este é o blog da loja, onde coloco as novas coleções e lançamentos da loja.

Grife e estilista que admira:
Marc Jacobs, mil vezes.

Peça de vestuário favorito:
Vestidos leves, fresquinhos e femininos.

Blog que indica para visitação e motivo:
Nossa, adoro vários. 'Face Hunter', 'GlamCanyon', mas no momento tenho seguido o 'Blog de Betty' - adoro a forma que ela combina as roupas, bem no jeitinho dela e sem seguir muito os padrões.

Hobby nas horas vagas:
Gosto tanto do meu trabalho que para mim ele também é um Hobby, adoro tocar, ouvir música e afins. Gosto também de sair para restaurantes incríveis, viajar e dormir!

O que considera inadmissível em um look:
Vestir roupas que não são adequadas para o seu corpo, colocar um vestido mega curto ou super apertado, caimento é fundamental.

O que considera essencial para vestir-se bem:
Sentir-se bem, não ser "another brick in the wall" ser você, ter estilo próprio e não ser uma reprodução em massa só por que alguém deteminou que aquilo é moda.