arquivos-diversos2

Life Behavior ║ LIFE STYLE BLOG: LB entrevista: Michelle Harue, “multitarefa” da moda

26.2.14

LB entrevista: Michelle Harue, “multitarefa” da moda

lojas renner


Nome, idade e onde vive:
Me chamo Michelle Harue, tenho 35 anos e vivo en São Paulo (Brasil).

Um pouco sobre você:
Trabalho com moda há 9 anos. Já atuei na área de designer, marketing, visual merchadising... além do meu trabalho de stylist, onde faço parte do corpo docente do Senac Moda.

Motivo por estar envolvida com moda:
Foi algo que aconteceu, apesar da minha relutância. Sou técnica em informática e achava que era “natural” cursar uma faculdade que tivesse a ver com tecnologia. No entanto, depois de várias tentativas e desistências, me encontrei na moda. Venho de uma família extremamente criativa e sempre tive apoio para seguir nessa área.

Nome do seu blog e que tema aborda especificamente:
Meu blog leva meu nome (www.michelleharue.com.br). Se trata de uma espécia de portfólio dos meus trabalhos.

Marca ou estilista favorito:
Não tenho uma marca preferida, mas ultimamente tenho gostado muito do Vítor Zerbinato.

Peça de vestuário favorito:
Shorts jeans e leggings são perfeitos para o dia a dia de trabalho. Também nutro um “vício” por óculos de sol. Tenho uma pequena coleção.

Blog que indica para visitação e motivo:
Gosto de blogs de streetstyle internacionais e daqui, além do site da WGSN Brasil.

Hobby nas horas vagas:
Sou bastante caseira, mas procuro sair uma vez por semana com amigos. Também adoro andar de bicicleta em parques quando tenho tempo pela manhã.

O que faz atualmente e projetos para o futuro:
Sou stylist de algumas revistas e marcas. Também sou personal stylist das atrizes Paloma Bernardi e Dani Moreno, além do cantor Pedro Lima e alguns outros artistas. No próximo dia 24 de março inicio mais um curso de produção de moda no Senac.

O que considera inadmissível em um look:
Não tem nada que eu considere aberração total num look. A moda é muito democrática e nos permite uma certa liberdade. Porém, precisamos ter parcimônia com essa liberdade e não cometer excessos. Também não gosto de vítimas da moda, que usam tudo que esteja “bombando”. Pra mim, caracteriza falta de personalidade e estilo próprio.

O que considera essencial para vestir-se bem:
Bom senso.

Considerações gerais:
A moda deve ser usada ao nosso favor e tem o poder de construir e destruir.

lojas renner
Fotos: Michelle flagrada por Roberto en um evento São Paulo.