arquivos-diversos2

Life Behavior ║ por Roberto Sena: LB entrevista: Érica Minchin, Consultoria de Imagem

17.8.15

LB entrevista: Érica Minchin, Consultoria de Imagem

Érica Minchin 


Nome, idade e onde vive:
Meu nome é Érica Minchin, tenho quase 30 anos, e vivo em São Paulo (Brasil).

Um pouco sobre você: 
Motivo por estar envolvida com moda: moda é uma ferramenta que ajuda a gente a tomar o controle da própria imagem e se expressar da melhor forma pro mundo e isso é maravilhoso. 


O que faz atualmente e projetos para o futuro:

Estudo possibilidades de alcançar mais pessoas com o meu trabalho e fazer com que elas conquistem a autonomia da própria imagem. 

Nome do seu blog e que tema aborda especificamente:
Eu não me vejo como blogueira, mas como uma consultora que usa a ferramenta como extensão do meu trabalho, então o nome é o nome da minha empresa Érica Minchin - Moda e Consultoria de Imagem. Quebro tabus relacionados ao tema "vestir bem" e ensino as pessoas a retomarem o controle do próprio armário. 

Marca ou estilista favorito:
Acho tão difícil eleger isso... Primeiro porque sou sagitariana e sagitarianos não sabem escolher favoritos haha. Segundo porque o meu trabalho todo é o de ensinar as pessoas que as marcas são apenas um apoio e que o que conta mesmo é o que a gente faz com o mundo de possibilidades que oferecem. 

Peça de vestuário favorito:
Um vestido de renda guipure, com bordado, feito todo à mão pela minha bisavó há mais de 20 anos.

Blog que indica para visitação e motivo:
Confesso que não tenho o hábito de visitar blogs e sites específicos. Geralmente, eu passo um tempo no medium quicando de um artigo pra outro, dos mais variados temas, ou dou uma olhada na seleção de moda do feedly. 

Hobby nas horas vagas: 
Ler, ouvir música, viajar... 

O que considera inadmissível em um look:
Se vestir porque a moda ou alguém que não faz ideia de como seja a sua vida te disse que assim você o tinha que fazer e não porque isso faz sentido pra você e pra sua vida. Deixar o conforto em último plano e não conseguir se movimentar por aí, por acreditar que a gente precisa sofrer pra ficar bonita... 

O que considera essencial para vestir-se bem:
Autoconhecimento. Se vestir bem é saber quem a gente é, pra onde vai, do que a gente gosta e saber trabalhar as nossas qualidades.